Como cheguei até aqui...

“Como te sentirias se aos 60 anos olhasses para trás e a tua vida fosse uma manta de retalhos?”

Pensando bem, foi esta pergunta que me trouxe até aqui. Na altura já tinha vivido em 3 países, trabalhado em 4 empresas, experimentado áreas diferentes (tudo isto antes dos 30) e vivia atormentada com o facto de não me especializar, de ter interesses em muitas áreas diferentes, de permanentemente me apaixonar por ideias, projetos e histórias de mundos que não eram o meu.

Foi só quando me ouvi responder “Feliz!” que percebi que um caminho feito de muitas cores, experiências e texturas podia ser bonito.

Esta newsletter é o fio que une os retalhos do que vou lendo, ouvindo, descobrindo e aprendendo. É um resumo das melhores ideias com que me cruzo ao longo de cada mês e que seleciono para partilhar com outras mentes que, como a minha, se alimentam de curiosidade.

Subscreve para receberes a primeira edição!